gif PAIS

Buritis Agora - Notícias de Buritis e região

SICCOB AMAZONIA 02

Maurão de Carvalho mostra potencialidades de Rondônia ao cônsul da Itália

Maurão de Carvalho mostra potencialidades de Rondônia ao cônsul da Itália

Decom

07/04/2017 13h27

Reunido com Michele Pala, presidente da Assembleia discutiu oportunidades de negócios

Maurão de Carvalho mostra potencialidades de Rondônia ao cônsul da Itália

As potencialidades de Rondônia, com perspectivas de novas oportunidades de negócios, foram o tema central do encontro do presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), com o cônsul da Itália, Michele Pala, que comanda o consulado de São Paulo, com jurisdição também em Rondônia, Acre, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

"Rondônia cresce com a sua economia em torno de 4,5% ao ano, enquanto o resto do País enfrenta uma forte recessão. Temos carne de qualidade, o café está se expandindo, junto com a soja e a produção de grãos. Além disso, somos um dos maiores produtores de peixe de água doce. E precisamos de parceiros de negócios para comercializar os nossos produtos", disse Maurão.

Acompanhado do representante consular em Rondônia, Cláudio Guastella, e do desembargador do Tribunal de Justiça, Walter Waltenberg, Michele Pala disse que sua vinda ao Estado tem como objetivo exatamente identificar essas oportunidades comerciais e de negócios.

"Estamos colhendo informações sobre oportunidades comerciais e econômicas, que podem ser incrementadas. Precisamos entender melhor a realidade dos Estados fora do eixo de São Paulo, a nossa sede, para que possamos mostrar aos empresários italianos novos horizontes de negócios", explicou Pala, que fica em Porto Velho durante quatro dias.

Os deputados estaduais Edson Martins (PMDB), Adelino Follador (DEM), Anderson Pereira (PV) e Hermínio Coelho (PDT) participaram do encontro, junto com o advogado geral da Assembleia, Celso Ceccato.

Pala acrescentou que na Itália a tradição não é de grandes empresas, mas de negócios seculares, tocados pela mesma família, aplicando conhecimentos milenares e usando também as novas tecnologias.

"Temos bases sólidas, exportamos muito e sempre buscamos parcerias para novos negócios. O peixe, por exemplo, pode ser uma alternativa boa de comércio, que precisa ser melhor estudada", completou o cônsul.

Já Guastella, que possui um restaurante italiano em Porto Velho, onde reside há 14 anos, sugeriu que chefes italianos pudessem criar receitas, tendo como ingrediente principal o peixe de Rondônia.

"Seria uma iniciativa interessante, que pode ser trabalhada, incrementado o sabor do nosso peixe, com a expertise da cozinha italiana, que é reconhecida mundialmente", acrescentou.


Fonte:Decom